​Construção de Açudes de Programa Estadual é concluída em São Miguel das Missões

  • 02/03/2021

​Construção de Açudes de Programa Estadual é concluída em São Miguel das Missões

Na última semana de fevereiro foram concluídas as obras de construção de 10 açudes de São Miguel das Missões, iniciadas no último mês de fevereiro, beneficiando a agricultores e pecuaristas locais. O município foi contemplado com os açudes a partir da homologação do Decreto de Emergência em decorrência da estiagem que atingiu algumas localidades do Noroeste gaúcho, no final de 2019 e início de 2020. A finalidade principal das águas reservadas nos açudes será a irrigação de pastagens, com o propósito de aumentar a segurança alimentar dos rebanhos, incrementando de modo especial a atividade de bovinocultura de leite e, por consequência, a renda das famílias contempladas.


Os açudes fazem parte do Programa Estadual de Apoio à Ampliação da Infraestrutura Rural, da Secretaria Estadual de Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seapdr). O Governo do Estado disponibilizou 24 horas máquina para a construção de cada açude, a partir de licitação e contratação dos serviços de uma empresa especializada. Coube à equipe da Emater/RS-Ascar a elaboração dos projetos técnicos, a partir do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental, de acordo com a legislação vigente, bem como o acompanhamento à execução das obras. As obras também tiveram o acompanhamento e a fiscalização por parte da equipe técnica da Secretaria Municipal de Agricultura.

Foram beneficiados 10 agricultores familiares, selecionados a partir de inscrição prévia e dos critérios definidos pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, priorizando-se os agricultores com pretensão de instalar sistemas de irrigação em suas unidades produtivas. As obras foram executadas nas localidades de São João das Missões, Assentamento Santa Helena, Esquina Ezequiel, Rincão dos Moraes, Rincão dos Ribas e Passo da Guerreira.

O Programa tem por objetivo reduzir os impactos da escassez de chuvas, a partir da construção de estruturas de reservação de água, para usos múltiplos e para a expansão da tecnologia de irrigação entre os agricultores, almejando a estabilidade da produção agropecuária, frente aos recorrentes quadros de estiagens que ocorrem no Estado.

FONTE: Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar - Regional Santa Rosa

#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes